O génio da música incompreendido

“Boas minha gente, eu tou a ler umas cenas no faice, né. Até fico c*n@. F*d@-se, v@ca de mer§£, começa a trabalhar, deixa a p*t@ da tua mãe em paz. Se não fosse eu nunca tinhas sido comida…”

(Visited 3.709 times, 1 visits today)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.